Bombas de infusão em transfusão de sangue

Bombas de infusão em transfusão de sangue

Como as bombas de infusão são utilizadas na transfusão de sangue?

O uso de tecnologias e equipamentos modernos na área da saúde só se intensifica, permitindo uma verdadeira inovação na Medicina 4.0. A possibilidade da aplicação de bombas de infusão para transfusão de sangue é um exemplo disso.

As mais variadas instituições de saúde buscam e investem em soluções que aprimoram a experiência de cuidado e atenção aos pacientes. Com isso, novos equipamentos e aplicações, com foco em melhorar a saúde e o bem-estar das pessoas, são desenvolvidos e refinados.

Neste artigo, entenda melhor como funcionam as bombas de infusão e como a sua aplicação pode acontecer em situações de transfusão de sangue!

O que são bombas de infusão?

Uma bomba de infusão é um equipamento utilizado na medicina para a administração de fluidos. Desse modo, permite controlar a demanda que medicamentos, nutrientes e demais líquidos que entram no organismo do paciente, com a regulação adequada do ritmo, das doses e das escalas.

Com as bombas de infusão, a área da saúde ganhou equipamentos com maior precisão para a gestão de fluidos. Com isso, o trabalho de diversos profissionais foi otimizado, ao mesmo tempo em que a proteção e o bem-estar dos pacientes foram garantidos.

Não é por acaso que, atualmente, é possível encontrar bombas de infusão em diversos setores hospitalares. Desde a emergência até os centros cirúrgicos podem contar com esses equipamentos e aproveitá-los para otimizar as atividades.

Como funcionam as bombas de infusão?

Uma bomba de infusão faz com que o envio de um fluido para o organismo de um paciente ocorra de maneira programada, automatizada, controlada e precisa. Dessa forma, é possível seguir as prescrições médicas, oferecer a demanda ideal de nutrientes ou de medicamentos, assim como inovar em diversos tratamentos.

Atualmente, existem diferentes tipos de bombas de infusão. Conhecer as diferenças de funcionamento vai ajudar a compreender como esse equipamento funciona. Saiba mais!

Bomba elastomérica

A bomba elastomérica é útil para a administração de medicamentos líquidos, com fluxo controlado pela pressão do próprio paciente. Por isso, pode auxiliar com medicações fora do ambiente ambulatorial.

Bomba peristáltica

Na bomba peristáltica, o fluido é enviado ao paciente por meio de tubos condutos de forma automatizada. Com isso, é possível programar o aparelho com a pressão e o ritmo adequado para a administração dos fluidos do tratamento. 

Bomba de equipo

Com as bombas de equipo, é possível administrar fluidos via parenteral, enteral e universal. Os equipamentos podem ser de tipo monocanal, multicanal ou inteligente, com a possibilidade de programação e automatização.

Como acontece a transfusão de sangue?

A transfusão de sangue nada mais é do que a troca de componentes sanguíneos entre um doador e um receptor, que podem ou não ser a mesma pessoa. O procedimento de transferência de hemocomponentes é importante em casos de hemorragias, cirurgias de alta complexidade e longa duração, além de quadros clínicos que necessitem do aumento da quantidade de sangue no organismo, como a anemia profunda.

A transfusão pode ser do tipo alogênico, no qual é feita a doação de uma pessoa para outra, e existe também a modalidade autóloga, na qual o sangue recebido é do próprio paciente, que foi coletado anteriormente ou administrado após uma cirurgia, por exemplo.

Na transfusão, componentes como glóbulos vermelhos, plaquetas e plasma precipitado costumam ser doados com frequência. Desse modo, situações que requerem uma maior disponibilidade de sangue no organismo podem contar com a doação desses elementos sanguíneos intrapessoal ou interpessoal.

Como as bombas de infusão são utilizadas na transfusão de sangue?

O tratamento de transfusão de sangue com bombas de infusão é uma inovação que está se desenvolvendo cada vez mais e sendo observada com atenção. Em um hemocentro do estado do Pará, foi realizada a transfusão de concentrado de hemácias em pacientes que fazem tratamento hematológico, que trouxe resultados positivos.

Após anos de estudo e testes do grau de hemólise das bolsas, os profissionais e pesquisadores da Fundação Hemopa começaram a investir mais nessa tecnologia e torná-la mais conhecida no Brasil. As perspectivas são de que o uso desse equipamento se torne ainda mais popular e seja implementado para transfusões de sangue e demais procedimentos complexos e importantes.

Uma das principais vantagens da aplicação de bombas de infusão em transfusão de sangue é a possibilidade de uso e controle, de maneira bastante minuciosa, o tempo de infusão e o ritmo de gotejamento do fluido. Com isso, a precisão da administração de líquidos aumenta, oferecendo mais eficácia, agilidade e economia de tempo do paciente nesse tipo de tratamento. 

No geral, conhecer as novidades do mercado é importante não apenas para a atualização profissional, como também para estudar novas possibilidades e oportunidades de inovar nos serviços e na carreira. As bombas de infusão para transfusão de sangue são um exemplo de soluções para a área da saúde. Por esse motivo, vale a pena estudar o enorme potencial desses equipamentos de simplificar e automatizar diversos procedimentos, com foco no bem-estar e na qualidade da experiência de cuidado com os pacientes.

Achou este artigo interessante? Aproveite o espaço e deixe um comentário com dúvidas, sugestões e opiniões sobre o assunto!

Áudio Post

Português

Abrir bate-papo
Bate Papo Samtronic
Olá
Podemos ajudá-lo?